segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Menina...


Eu deveria ter deixado você quando tive chance, eu deveria ter partido quando você disse "Adeus" eu, com essa mania gigantesca de querer acreditar que as coisas um dia voltam ao seus lugares, me fez ficar aqui parado, olhando você dançando com aquele vestido curto de cetim, dançando na tua vida, com a minha vida nas mãos, você com aquele sorriso, que eu te pedia e me perdia, tão único, tão sincero, tão vazio. Quando sumiu do meu campo de visão, comecei a tentar a entender que deveria ser melhor, comecei a fingir olhares e a sair com pessoas que eu achava que poderia te substituir, quando a neblina de distanciou um pouco e conseguir melhorar minha respiração, sentia um alivio, uma vontade de querer viver algo novo. Mas ai, como sempre, espontâneamente de propósito, você volta, com os mesmos olhos, com o mesmo sorriso, me fazendo mil promessas, me querendo por inteiro, confessando os erros, contando os gostos amargos que experimentou em outros corpos, você volta, com o mesmo vestido curto, querendo dançar de novo, querendo fazer eu me perder, e é tão injusto isso, você vai, faz o que bem entende da sua vida medíocre, eu me cultivo para o melhor, e quando eu estou prestes a colher os meus próprios bons frutos, você volta, e traz a seca, minha boca volta a ficar necessitada da sua, meu dias começam a ter um sentido melhor só quando vejo teu cabelo balançando com o teu andar, você vem com o papo de que sente falta, mas porque foi, se sabia que ia voltar, eu tinha pedido pra você não ir, você que se aguente agora, faça o que eu tento fazer todos os dias, esquecer de todas noites que passei ao teu lado.

3 comentários:

ૐ 'Priscylα disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ૐ 'Priscylα disse...

"... Faça o que eu tento fazer todos os dias, esquecer de todas noites que passei ao teu lado."
Tem pessoas que não veem o sentimentos como uma coisa séria, brincam com nossos corações ;s
Lindo Texto Sheila, bjs.

Valéria Sorohan disse...

Uma palavrinha só (tréplica), nesse seu texto, me fez pensar isso: "TRÉPLICA// nós fizemos,/ ele fez,/ eu faço.//.

BeijooO*