sexta-feira, 23 de abril de 2010

republicando.

Se livra de mim de uma vez, me faz esquecer você de um dia para o outro, não me mata aos poucos, não me enrola, não me engana, me arranca de uma vez da tua vida, porque eu vou fazer a mesma coisa, não me faz acreditar que amanha eu vou te ver, não me beije daquele jeito, não me prenda, não fala como se nada tivesse acontecido, aconteceu, e mesmo que você não goste de lembrar, não demonstre o que não gosta, me faz acostumar com a tua ausência rápido, porque desse jeito é complicado para mim, não me pega no colo, não me roda, não me faz rir, eu ocupo minha cabeça com mil coisas, e você sempre arruma um jeito de brotar na minha imaginação, na minha falta de tempo, se agente não tivesse inventado tanto, se agente não tivesse exagerado as doses de wisk, de beijos, de abraços, talvez os jeito de agir hoje seria diferente, mais quais as doses certas para se dar bem, quais as doses exatas para seguir um caminho certo !?

Se livra de mim e de tudo que agente passou - e por mais que não seja muito- joga fora pela janela, e tranca a porta, para não correr o risco de voltar pelas escadas, e desligue o computador também, e finja que vc não esta em casa quando eu te ligar. Se livra das musicas, dos doces, das noites, e das fotos do celular também, me fala que não vamos mais precisar disso tudo, me fala que amanha quando eu acordar, eu vou voltar aos dias que eu não conhecia você, que eu não sabia o teu perfume, e a propósito, me faz esquecer o nome do teu perfume, para que toda vez que eu sentir ele, não lembrar de você. Se livra do meu endereço, amasse o mapinha que eu fiz aquele dia, queima ele, mostra para mim que você não vai mais precisar dele, me faz desaprender a virar o "descansa copo", vou fijir que você não ficou quase 1h tentando me ensinar aquilo. Se livra das lembranças e dos acordos que fazíamos. Se livra do meu cheiro e do meu jeito de te provocar no pé do ouvido, esqueça as palavras que eu dizia enquanto a musica daquele quarto tocava, esqueça os acordes e os tons das melodias, esqueça do meu salto alto em cima do teu carro, e do barulho da chuva caindo no telhado...

Se livra de mim, porque eu estou afim de me livrar de você...

#falta de criatividade é foda.

# Fotografia GrazySan

2 comentários:

cami disse...

tô me sentindo exatamente assim. o que eu mais preciso é esquecer e não consigo.

mt bom seu blog :*

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Curto demais propaganda, principalmente se existir criatividade na hora de encantar com amor. Essa além de maravilhosa é envolvente...

Assista com amor, espero que goste:

http://www.youtube.com/watch?v=ensckApupW0&feature=player_embedded

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-