segunda-feira, 24 de maio de 2010

então pode ir...

Pode ir embora agora, deixe a porta aberta daqui a pouco jogarei o resto de nossas lembranças na rua, estou acabando de fazer aquela faxina no meu coração, estou orgulhosa, olha que incrível, depois de tanto tempo, poder cuspir você para fora, poder ver você caminhando em minha direção e não sentir aquele nó na garganta, aquele friu na barriga.
Pode ir embora, te deixo livre de mim, vou me deixar em paz, já não irei senti saudades, já não vou mais cobrar as dividas de beijos, não sente a liberdade na tua pele ? Nossa eu sinto, ela vem forte, como o vento, bate no meu rosto, me envolve e me faz ver os meus erros, as minhas noites perdidas, tolas noites, tolas horas...será que vai sentir saudades das minhas mensagens de sábado? das mensagens de 5h30 da manha desejando bom dia ? Será que vai se lembrar de mim com um sorriso no rosto ? Com aquele sorriso ?
Pode ir embora agora, sinta vontade de se apaixonar , e esqueça meu corpo, precisei de completas noites de luxurias para perceber que não preciso do teu calor, experiente isso, corra em outros corpos, visite outros pensamentos, você vai ver, sai de dentro do meu coração, da minha alma, dos meus pensamentos, e você vai ver você vai sentir a mesma sensação de alivio.
Pode ir embora agora, e não volte, por favor, é serio, e esse apelo não é com medo de recaídas, é que isso só atrasa nossas vidas.
Pode ir embora agora, deixo você esquecer nossas frases preferidas, nossas internas, nossos bares, eu deixo você, assim como você me deixou a algum tempo atrás...

Pode ir embora, te deixo ir, e sem levar pedaços meus.

6 comentários:

Laís Bratfisch disse...

Também quero mandar embora :)
Lindo texto!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Você deu um "chega pra lá", mas não deixou de mostrar a força desse sentimento.

Ah, sou ciumenta mesmo...ahahaha

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Eu, Thiago Assis disse...

aeeeew o/ a dor passou, o que passou foi finalmente embora, e a agora oficialmente a vida recomeça ^^

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

O fotógrafo Jan Von Holleben é fera na hora de clicar os momentos simples da vida. Ele faz a magia brincar com a nostalgia de uma forma espetacular.

Espero que goste:

http://www.janvonholleben.com/?page_id=4

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

cami disse...

quero tambem logo me livrar de um amor. estou te seguindo :*

http://i-wanna-find.blogspot.com/

Anônimo disse...

Eu estou no mesmo barco! Agora eu penso que não vale a pena chorar por ninguém! Estou mandando uma pessoa ir embora também.