segunda-feira, 6 de abril de 2009

Uma carta para você

Eu deveria ter aproveitado aquelas oportunidades, só que eu ficava sem reação. não sabia usar as palavras certas, hoje eu percebi o quanto o meu medo me atrapalhou, o tempo se encarregou de trazer alguém com mais coragem de te dar tudo aquilo que eu sempre tive receio de demosntrar, alguem se encorajou e fez todo serviço que estava na minha mão.
Eu não escrevo assim faz tempo sabia ? é porque acho que não conseguia localizar esses sentimentos todos, mais agora eu to aqui pegando o que me resta e o que eu nunca tive, e sendo sincera, jogando nessas linhas palavras que deveria ter usado antes, jogo aqui porque não tive coragem de joga-las na sua cara, aquele meu medo sempre clamou mais alto - sabe aquele medo de voce não falar mais comigo, por uma besteira ou sei lá o que - é, vendo o que passou, consegui perceber o tanto que perdi, e o tanto que eu construi errado as coisas, e hoje ela pode se desmoronar a qualquer momento, e sabe o que eu vou poder fazer ? nada, a não ser ficar observando esse bando de coisas desmoronar. Sabe, as vezes eu fico pensando, se eu soubesse fazer as coisas certas, você seria uma das primeiras pessoas que eu resgataria para dentro de mim, para um lugar que você não me esquecesse, ou desaparecesse.
Eu usava tantas palavras em vão, porque será que eu não fazia as perguntas que eu mentalizava ? Você deveria saber o que todas perguntas feitas por mim era em vão, não era o que eu realmente queria perguntar, eu queria perguntar "da gente" se voce lembrava de tal coisa, se você lembrava de mim, o tanto que eu lembrava de você...
Mais hoje não há mais nada fazer, eu desacreditei em algumas palavras, segui o incerto e te entreguei para alguem que tivesse mais coragem do que eu. Então eu vou te deixar seguir, você ta feliz, e deve ser isso que importa não é mesmo ? não é isso que agente faz ? deixa as pessoas que gostamos partir, para ser feliz de qualqer maneira? com, ou sem você ? Pois então vai.
E desculpe qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, mais fique sabendo que todas aquelas palavras usadas por ela, na minha cabeça, já existia à tempos...

um beijo demorado.
Adeus

9 comentários:

' Josi Keller disse...

Oii
Mal incomodar, mas ja incomodando ne ? rsrs
To divulgando meu blog
Pode dar uma passadinha la ?
' Os pensamentos voam
Pode dar um passadinha e dar opinião na ultima historia ? ?
www.josikeller.blogspot.com
Valeu..
Espero saber k tu foi la ok ?
Beijaoo

.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Sheila,

Quando alguém tem de ser nosso, simplesmente é. Se a pessoa não entendeu seus gritos no seu silêncio, ela não estava preparada pra ouvir o resto do seu sentimento. Se ele está feliz com outra, ou com o momento dele, seja feliz com você mesma e procure não ficar tão triste pelo que passou.

Espero que fique bem.

Maravilhosa semana

Rebeca

-

Atreyu disse...

Desconexão sem volta!
Muito lindo texto...
O último beijo.
O último

Daaniela ♥ disse...

Muito forte o seu post.
E sincero, um amor de verdade sempre deixa o outro partir, pra ser feliz :}

Tatah Marleys disse...

Oiiii! Meu blog mudou!
Agora é esse aqui: www.peripeciasdatatah.blogspot.com

Obrigada a todos que NUNCA me abandonaram e estiveram do meu lado mesmo depois do meu afastamento!
Quem me acompanhava, peço que acompanhem no outro e saiam do antigo tá?

e agora.. VAMO QUE VAMOOO que eu to de volta!
beeeijo

Nina Roberta disse...

A, sei como é esse negocio de palavras que não saem da boca, ou então aquelas que saem na hora errada.
É por isso que eu prefiro escrever.
Só qeu ai vem um problema, depois eu me arrependo por uma carta que eu nunca entreguei, ou então aquela que eu devia ter rasgado ao envéz de te-la entregue.
É a vida!
Beijo, e fica bem.

- bia varanis ♥ disse...

LIIDNO :d
ain um beijo e volta seemprao !

Emanuel Belmiro disse...

É muito chato quando paramos pra relembrar de coisas que deixamos escapar por medo ou timidez. Foi burrice, foi imaturidade, foi loucura, são tantas as classificações e a cada uma delas a gentese sente menor e menos capaz. Por iso o bom é deixar tudo isso ir. Pow, foi chato? Foi! Mas agora é seguir e não deixar mais que o futuro do pretérito faça mais parte do nosso cotidiano.
Temos que andar ao lado do futuro do presente e acreditar sempre.

Abração e passe sempre lá no meu mundo :)

Mah disse...

Aí que saudades de você!
Tô passando pela merma dor, minha flor. Respondo seu e-mail essa semana.

Eu amo muito você!

Mah.