terça-feira, 23 de junho de 2009

" iguais a você eu ja peguei mais de cem ..."

E depois naquela noite, o silencio invadio os ares, e depois de uma semana, alguém quebra o silêncio...

- Estou muito brava com você...
- Obrigado ;)

entenderão ?

Sabe, não que eu queira muita atenção, já sou grandinha, já sei me virar, sei cuidar das minhas dores e amores, dos afetos e raivas, tento sempre passar o que gosto, o que quero, nem sempre tenho sucesso, mais tento ser cristalina, eu fui com você - eu acho - alguma coisa eu não deixei clara, ou você é lerdo demais, ou mentiroso demais, é pq esse teu jeitinho come-queto, não engana muita gente, pelo menos não me enganou, talvez seja por isso que eu não liguei, talvez seja indignação pela falta de consideração, talvez você seja realmente aquelas pessoas que agente beija na balada e nunca mais olha na cara ( mais é que você nao foi só o beijo sabe ? ), talvez você foi só daquelas diversoes minhas, que eu faço coleção, tanto faz se vc iria se tornar diversão ou não, eu só queria consideração, considero meus brinquedos sabia? Eu nunca tenho sorte com brinquedos, eles sempre sem quebram, ou eu perco eles de vista, há, eu tenho muita sorte, nossa você não tem noção.
Talvez esse seu "obrigado" foi por se sentir aliviado pela minha raiva de você, ou talvez seja que você esta com raiva também e pensava que era o unico - duh. tolo você pensa isso - você passou bem rapido, eu senti teu perfurme aquela noite e hoje nem lembro mais o nome, não lembro a roupa que você estava, só lembro das coisas que senti, me divirto com meus brinquedo, esqueço as peças, só lembro da satisfação em brincar. ( vou te considerar um brinquedo, pq você não me considerou nada ok !? É eu faço isso com pessoas como você )

Faz o seguinte? Finge que nada aconteceu, e que nem sei quem é você - na verdade eu não preciso fingir né, eu realmente não sei quem é você ) estava bem antes de você aparecer, então nem vou notar sua ausência ok ;)

- O que me "satisfaz" é que eu não me arrependo de nenhum passo e de nenhuma palavra -

* Eu sou muito melodramática, e adoro escrever desse jeito. eu consigo me conformar mais com certas palavras, mais as pessoas que vão ler isso, vão achar que foi um amor intenso, e que eu estava apaixonada - ou não -. Mais só estou passando minha raiva de um modo diferente ! ;D

** Obrigada Grazy, por aguentar meus surtos HUAHUAHAUH

*** Respondo comentários depois, JURO, estou trabalhando \o/ e estou em semana de provas ( exames x.x ) então isso rouba um pocão do meu tempo hahaha

**** PARABÉÉÉNNNS PREEEEEEEEEEEEETA :) eu te amo demais :*

6 comentários:

Soph Redfort disse...

voltei (:
kkkkk
gostei dessa postagem ^^

R.Vinicius disse...

Um jeito interessante de transbordar e mandar embora a raiva. Ótima dia. Que vá bem nas provas.

Abraço,

R.Vinicius

Maria Emília disse...

Faz bem passar a sua raiva desta forma ou de outra que alivie o seu desgosto e a sua tensão. Eu costumo quando tenho alguma coisa que me contraria ir para o campo e gritar bem alto o que tenho para dizer. Faz bem à alma e ao corpo.
Um beijinho,
Maria Emília

byfranzao disse...

Gostei. Caraca, digamos que: vc arrasouuuuuu

Nós disse...

Educação às vezes irrita.


Beijo, Elnora.

Varda disse...

Ha,apaixonada não..mais ele deve ter marcado.