segunda-feira, 11 de maio de 2009

estranhezas...

(...) Hoje eu do risada, consigo te ver sem que as lagrimas atrapalhem, mais há alguma coisa em você que ainda me incomoda, me deixa a pensar, eu não sei o que, eu não sei porque, me atrapalha, ai eu fico me questionando, nao aquelas perguntas idiotas de antigamente, mais só me perguntando o porque eu ainda insito, nao em você, não nos teus pensamentos, mais na tua pessoa, eu já me acostumei com essa ausencia ela já nem doi mais.O problema, é que toda vez qe eu te vejo, vem alguma coisa, uma mistura complexa de felicidade instantanea e desespero, de medo e de calmaria.
Eu não te entendo, eu nao me entendo.
Mais deixa como tá, pq de você eu nao quero quebrar mais a cabeça, nem a cara :)

( qnd os textos são para você, ficam uma bosta. mais tudo bem )

- 4 dias ;D -

7 comentários:

Maria Emília disse...

A gente diz que não quer mas vai cedendo. O texto está muito bonito .
Um abraço,
Maria Emília

Mayone Mayne. disse...

"Eu não te entendo, eu nao me entendo."

É A GRANDE QUESTÃO QUE NÃO PRECISA DE RESPOSTA NÃO PRECISA DE UM PQ NÃO PRECISA TER NEXO SIMPLISMENTE É PQ É :) É A VIDA!

beijooooos!

byfranzao disse...

gostei....bjocas

volteiiii
\o/

Sofih disse...

O, e é assim mesmo. Não vale a pena ficar se torcendo de dor emocional...

Bjoos

Thiago Assis disse...

tem um selo pra ti no meu blog,
desculpa a pressa,
depois (amanha ou quinta) passo aqui e comento sobre o texto ^^

Mayana Carvalho disse...

Lindo.
o não entender e as confusões do coração. a duvida e medo de se machucar..

Beijos, amei

Nina Roberta disse...

Então existe um "você"?

No fundo do meu coração ainda pernamece o antigo "você" (meu)...
Mas nessa parte do coração eu não mexo mais...
Aliás trato meu coração como um todo sem essa parte, entende o que quero dizer?

Um beijo.Fica bem.