quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Pensar em você é cansativo demais, não percebe isso ? eu me irrito sabendo que não tenho mais tempo para nada, mais eu ainda penso em você, pô eu to em uma fase nova, tudo novo e modificado, porque eu ainda preciso de você ? eu sinto saudades, porque você não me fala isso ? Se não for pra ser para sempre, porque usou aquelas palavras? Porque eu acreditei nelas ....
As vezes penso que não preciso de você, mais sim das sensações que você me causa, e isso é um caos, eu entro em conflito comigo mesma todas as vezes qe eu penso em você....
Porque eu ainda insito em falar de você, você me cansa, cansa pensar em você, em depender de você, dói ver pessoas com um acesso mais facil a você, eu queria ter um acesso facil, porque isso é muito mais complicado do que se imagina, eu queria estar ao teu lado , todos os dias, por mais que eu sei que seria muito insuportavel conviver com você, eu toparia, eu gostaria de te ter aqui, nem que seja só por uma noite, isso talvez não seja mais tão siginificativo, mais para mim vale muito ter mais meia hora junto ao teu corpo, mesmo sabendo qe isso era muito pouco e não me contentaria com essa meia hora, essas sensações diferentes que teu corpo me causa me enlouquece, e você não tem ideia a vontade que eu tenho de você, de seus pensamentos, você não sabe o tanto que eu sinto falta de tua atenção, porque tua atenção mediucre faz diferença, e eu odeio admitir isso !

5 comentários:

Fernanda disse...

as vezes é ruim admir que amamos alguem...
mas quando se ama de verdade é impossivel esconder=)

cigana disse...

Que lindooo .. gosteii do seu texto .. mto bom ..
To acompanhando agoraa ..
;**

***...JéèHhH...*** disse...

Oiii amei seu blog viu muitoo perfeitoo

A tem um selinhu pra ti no meu espero ke goste

Beijokas

R.Vinicius disse...

Aprendi não com o tempo, porque os ensinamentos nunca são ensinados pelo tempo, mas pela intensidade com a qual os ensinamentos passam no nosso tempo. O tempo é um espaço interno e externo.

Aprendi que podemos acreditar no amor ou não e vivê-lo ou não. Dizem que há amor em todos os lugares, na natureza, nas pessoas, nos animais. Mas as pessoas não amam simplesmente. Você nunca vai ouvir falar de amor à primeira vista, entre uma mulher de certo status social e um mendigo.

Só esse fato já nos coloca a uma questão interessante. O que as pessoas amam? Porque essa necesidade de amar? Amar é em si um processo de aceitação entre ambos, quem ama e quem é amado.

Em parte as pessoas não amam uma pessoa, mas o ideal de pessoa que elas formaram. Como então, alguém ama uma pessoa que ela não tem nada a ver com o que ela gosta? Está então no que a pessoa fez ou representa. Há significado em tudo e constantemente estamos recebendo mensagens de todas as pessoas e também as enviando.

Racionalmente eu não acredito no amor. Sei separar minha razão, da minha emoção ou ao menos me manter a uma certa distância. Um dos meus grandes questionamentos acerca do amor, não é o que ele é, ou o porque dele existir, mas porque as pessoas amam e o que amam.

Não há em quem ama um valor dado? Ou seja. Não amamos a atenção que o outro nos dá? O carinho? O abraço? A companhia? Os beijos? Os sorrisos? Ninguém ama quem nada oferece de bom ou extraordinário.

Há um ideal de amor e todo ser humano vai buscá-lo, no entanto alguns o encontram, outros não.

Abraço,

R.Vinicius

Andréia disse...

é dificil admitir neh? tbm tbm estou nessa... obcecada pelas sensações e n pelo objeto em si

ate+